Mapa da Expedição Rumo ao Atacama, por MOTORAmA.

Muitos tem perguntado se em nossa viagem a San Pedro de Atacama iremos fazer o Salar do Uyuni, na Bolívia.

Eu tenho dito que após nossa chegada a San Pedro e posterior visita a La Mano del Desierto em Antofagasta, 

podemos dividir o grupo, naqueles que desejam entrar na Bolívia (sempre um pequeno perrengue, mas super válido) e aqueles que desejam regressar ao Brasil. Pessoalmente, gostaria de conhecer o Uyuni com amigos.

A Rota de ida é bem conhecida dos brasileiros. Passamos por Foz do Iguaçú, e seguimos pela Argentina, em direção à Salta e Jujuy …. dali, subiremos o Paso de Jama, cruzando os Andes. Esta é a parte mais incrível que seus olhos verão em suas vidas. Sou um cara viajado, falo 4 línguas, conheço quase toda a Am. Latina, USA, Europa, Austrália …. o que me permite afirmar de que iremos a um dos locais mais lindos do mundo.

Agora … qual moto ? Eu costumo dizer que qualquer moto pode ir … já vi até Honda Dream na estrada, após 40 mil km … então … eu devo ir com uma TDM 900 cc ou uma BMW f 800 GS … muito amigos estão se ajustando com suas: Bandit 650, BMW 1150 GS, KTM 990, Harley Fat Boy, etc … acredito que a maioria será de alta cilindrada.

A estrada até lá é de asfalto e bem lisa. Então, qualquer estilo chega sem sofrer. Os passeios, apresentam um bom rípio, que pode ou não ser encarado, quando sem uma Big Trail, mas com cautela, se pode ir.

Qual a diferença de ir com os amigos do Motorama e sozinho ? Simples. Conhecemos a rota e teremos dois mecânicos na equipe. Isso faz enorme diferença. Custo ? Pedimos uma colaboração, uma vez que o Motorama ficará fechado em nossa Expedição, então a contribuição de R$ 350,00 por motociclista é justa e simbólica praticamente.

Somos falíveis. As motos idem. Acidentes, quebras e imprevistos acontecem. Agiremos como equipe, sempre. E as decisões serão tomadas em conjunto e por maioria. Cada um é responsável por si mesmo, mas zelando pelos demais membros. Não somos um MC, mas agiremos
como irmãos em busca do Graal.

Preparativos. 31 dias antes de nossa viagem (25 de Novembro), nos reuniremos no Motorama para o Briefing inicial.

20 dias antes da partida, durante a semana de 11 a 16 de Dezembro receberemos os participantes no Motorama a fim de realizar a manutenção necessária à Expedição. Haverá um pacote especial aos aventureiros que incluirá: óleo de bengalas e caixa de direção, sangria de freios e pastilhas, lubrificação de links, troca de velas – filtro – óleo – arrefecimento, relação, retentores, cabos, etc.

Nesta viagem não há como se arrumar rapidamente um cabo de embreagem ou um retentor de bengala, por exemplo. E lembre-se: pastilhas, somente SINTERIZADAS.

 

 

Deixe uma resposta